Resenha: Brilho do Sol | Roseli Magro

08:23:00 Eloísa Cardozo 3 Comments

  
    Brilho do Sol, é uma pequena cidade localizada no Nordeste do Brasil, que como outras cidades desse estado, sofre com a seca, a pobreza e a fome, porém isso não impede os moradores de lá, de lutarem por suas vidas e famílias. Assim como Teovaldo que casado com Ana, acaba por ter um lindo menino chamado João, que estaria destinado a mudar as vidas que habitavam em Brilho do Sol para sempre.
     Essa história apaixonante nos apresenta ao melhor e ao pior do brasileiro, que com suas características marcantes de povo lutador mas também fácil de se deixar levar, trava uma luta entre o bem e o mal, e nos faz pensar sobre como o amor pode salvar vidas, mesmo quase sem esperanças.
     João fruto do amor entre Ana e Teovaldo, não é uma criança comum, ele transforma vidas por onde passa, enchendo-as de esperança, mas também desperta inveja e ressentimento, pois a vida sertaneja não é fácil e há aqueles que acreditem que não deve haver felicidade em meio a fome.
      Após um incidente, causado por inveja que causava a família do menino João e sua felicidade, Dona Ana acaba por criar uma rival na pequena cidade, Dona Raimunda que além de invejosa é também uma pessoa altamente rancorosa e perversa.
       A inveja de Raimunda não deixa com que ela conviva com o amor que seus vizinhos enxergam em João e logo acha um jeito para manipular seus vizinhos, e acaba convencendo-os de que  João e seus pais não são tão perfeitos como aparentam, mas afinal, estaria Dona Raimunda certa e algo que não era normal vinha daquela família?
   
     Essa foi uma história instigante, que encheu meu coração de dor, mas também de amor, em diversos momentos me vi com um nó na garganta, pensando sobre o bem e o mal, a manipulação e a liberdade.
     Roseli, foi incrível em mexer com os sentimentos do leitor, embora eu procurasse um pouco mais de denuncia sobre a fome no livro, mesmo que o foco fosse o amor. O amor realmente salva vidas e torna as dificuldades mais fáceis, mas quando se sente fome será mesmo o amor suficiente?
     Esse livro me lembrou clássicos, como Vidas Secas, um livro que marcou minha vida para sempre e Brilho do Sol, com certeza também deixou seu legado em meu coração. Um livro em que ao tocar já me passou sentimentos bons, e quando o abri pela primeira vez eu sabia que não seria a mesma pessoa, quando acabasse de lê-lo.
     O primeiro lançamento, da Editora Xeque-Matte, uma nova editora que promete grandes lançamentos no setor editorial nacional, mostrou um excelente trabalho em seu primeiro lançamento, sendo em diagramação como também a própria edição que transborda paz e amor.
     Ler Brilho do Sol, me fez sentir especial e com certeza algo em mim mudou, se vocês ficaram curiosos e querem ter essa chance de conhecer, o livro, a autora e a editora, deixo aqui alguns links importantes.






Espero que vocês gostem desse livro assim como eu gostei, Beijos e até a próxima. <3

3 comentários: